João Caetano
em
Nov 20, 2021
A evolução da Inteligência Espacial

Como vimos no artigo anterior, sobre como o Geomarketing começou, a essência do que viria a ser chamado de Geomarketing teve seu início com o despertar da inteligência humana.

Nesse tempo antigo, o conhecimento sobre o território exterior era transmitido por histórias e organizado em pinturas nas cavernas, os primeiros mapas.


A partir daí a história se acelerou e podemos separar aqui alguns marcos de sua evolução. 


Já em 450.ac foi feito o primeiro Mapa Mundi. Numa época em que os recursos se limitavam a viagens a cavalo, navios a remo e vela, e muitas subidas em morros e montanhas. 

Ainda assim, a mente humana foi capaz de representar um amplo espaço exterior, o mundo conhecido daquela época e incrivelmente fiel ao mundo que conhecemos por meio de imagens de satélite. 


http://chc.org.br/o-pioneirismo-de-herodoto/


Conhecimento é poder e mapas sempre foram usados para orientar exércitos, cobrar impostos, movimentar pessoas e mercadorias.

No auge Renascentista surge uma fantástica representação do mundo, a Salle des Cartes Géographiques, onde um globo terrestre com quase dois metros de altura, acompanhado de diversos outros mapas em maior escala.

Eram os tempos mercantilistas e os Médici controlavam diversas rotas de comércio por meio destes mapas.


Palazzo Vecchio fresques salle des cartes, couloirs Florence
https://www.e-venise.com/florence-palazzo-vecchio-interieur.html

A própria sala fica bem ao lado da sala de audiências, onde eram recebidas as autoridades, num claro sinal de projeção de poder. 


Le Palazzo Vecchio de Florence
https://www.florence-tourisme.com/palazzo-vecchio.html

Mais adiante na história chegamos ao ápice da Inteligência Espacial, quando o Dr. John Snow marcou os endereços dos mortos por cólera num mapa para demonstrar sua tese de que a doença não era transmitida pelo ar, mas pela água que as pessoas bebiam.

Marcando a primeira vez em que um mapa foi usado para análise de fenômenos e não apenas orientação. 



Imagem
https://geoind.wordpress.com/2013/12/23/john_snow_revisitado/

Outros artigos desta série:

Como o Geomarketing começou


O despertar do Geomarketing


Geomarketing e os Sistemas de Informação Geográfica


Uma nova esperança para o Geomarketing


Geomarketing na virada do milênio


Geomarketing na era das Startups